Eleições 2020: Edson Júnior avança; Eudes some e Tiago Fernandes cai em campo

Apesar dos últimos dias terem sido de grandes movimentações políticas para os pré-candidatos a prefeito de São José de Ribamar, Dr. Julinho (PL) e Beto das Vilas (Republicanos), outros nomes seguem garantindo seus espaços.

O advogado Edson Júnior (MDB), recebeu a confirmação do apoio de mais dois partidos. O primeiro foi o PMN, que confirmou o apoio ao projeto de Edson Júnior, e logo em seguida foi a vez do presidente do DC, o polêmico Roberto Câmara, aderir a pré-campanha.

De acordo com “Parente”, como o advogado é conhecido na cidade, o MDB deve mostrar toda sua força no município a partir do próximo mês.

Já o atual prefeito, Eudes Sampaio (PTB), que deve tentar buscar a reeleição, deu uma sumida e coincidentemente, o ex-Secretário de Saúde, Tiago Fernandes (PP), foi visto em campo em companhia de pré-candidatos ao cargo de vereador pelo PTB.

A movimentação de Tiago pode ser interpretada como possível mudança de plano no ninho governista.

Distante desde que deixou o cargo, o blog chegou a noticiar um provável racha entre Eudes e Luís Fernando. No entanto, a aparição pública, ao lado do ex-vereador César Vieira (PTB), pode representar uma reconciliação do grupo, ou quem sabe, uma mudança de nome na disputa.

Seria Tiago, o candidato a prefeito? Ou a aparição é apenas para confirmar a posição de vice na chapa de Eudes?

Mindubim terá que pagar R$ 883 mil aos cofres de Arari

O Ministério Público do Maranhão ajuizou pedido de execução de sentença contra o ex-prefeito de Arari José Antonio Nunes Aguiar, conhecido como Mindubim, para que seja devolvido aos cofres públicos do município o valor de R$ 883.944,40. O ex-gestor foi condenado pela prática de improbidade administrativa referente à não prestação de contas e à não demonstração de utilização dos recursos oriundos do Convênio nº 561/2005.

A sentença que o condenou transitou em julgado em 25 de setembro de 2019, portanto não cabe mais recurso. A ação de ressarcimento foi ajuizada, inicialmente, pelo Município de Arari, que não deu seguimento à execução, e o Ministério Público assumiu a titularidade da causa.

No pedido de cumprimento da sentença, a titular da Promotoria de Justiça de Arari, Patrícia Fernandes Gomes Costa Ferreira, requer que o montante a ser devolvido seja destinado ao Fundo Municipal de Saúde e aplicado em medidas de prevenção e combate à pandemia de Covid-19, no município.

Os valores atualizados, segundo os parâmetros estabelecidos na sentença, referem-se ao ressarcimento integral do dano ao erário (R$ 294.648,12) e multa civil (R$ 589.296,28).

Na ação de execução da sentença, o Ministério Público requer a intimação do réu para que efetue o pagamento dos valores devidos, na pessoa do seu advogado. Caso o ex-prefeito não cumpra a determinação no prazo de 15 dias, foi requerido o acréscimo de multa de 10% ao montante da condenação e posterior expedição de mandado de penhora e avaliação.

OUTRAS PENALIDADES

Na sentença que condenou o ex-prefeito de Arari, existem outras penalidades, como a perda da função pública, caso ainda a exerça; suspensão dos direitos políticos pelo período de oito anos; proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de 05 (cinco) anos, contados do trânsito em julgado desta sentença.

Nagib será reeleito prefeito de Codó, aponta pesquisa Escutec

O segundo levantamento feito pelo Instituto Escutec e divulgado pelo jornal O Estado do Maranhão deste sábado (11), mostra que o prefeito Francisco Nagib (PDT) segue crescendo nas pesquisas e caminha para uma reeleição tranquila em Codó. Com adversários ainda não definidos, já que no município foi montada uma espécie de consórcio para derrotar Nagib, a Pesquisa avaliou vários cenários possíveis e constatou vitória do atual prefeito em todos.

Vamos aos números…

No cenário espontâneo, que é aquele em que o entrevistado fala o nome que deseja, Nagib seria reeleito com 20% dos votos. Em segundo lugar, aparece o ex-prefeito Zito Rolim com 7% (o atual deputado estadual não é candidato e apoiará o atual prefeito). Ricardo Acher aparece com 6% e dr. Zé Francisco com 2%. Este é o mesmo percentual de Pedro Belo e Camilo Figueiredo. Chiquinho do Saae obteve 1% das opiniões dos entrevistados. Não responderam ou não sabem somou 60%.

No primeiro cenário induzido, Nagib venceria as eleições com 34% dos votos. Ele é seguido por dr. Zé Francisco que aparece com 23% e Ricardo Acher com 13%. Camilo Figueiredo vem com 10%, Pedro Belo, 6%, e Chiquinho da Saae, 4%. Nenhum dos candidatos foi a opção de 7% dos entrevistados e não sabe ou não respondeu, 4%.

No segundo cenário induzido Nagib também aparece em primeiro. O pedetista obteve no levantamento 36%. Vem em seguida Ricardo Acher com 15%, Zé Francisco %, e Camilo Figueiredo ficou com 12%. Nenhum dos candidatos, somou 8% e não sabe ou não respondeu, 5%.

No terceiro cenário, com apenas três candidatos, Nagib também venceria as eleições com 38% dos votos. Em segundo aparece Zé Francisco, 25% e Ricardo Acher com 16%. Nenhum deles foi a opção de 14% dos ouvidos e não sabe ou não respondeu somou 7%.

No quarto cenário, Nagib aparece liderando também com 39% dos votos dos eleitores no cenário em que ele disputa com Zé Francisco (26%) e Camilo Figueiredo (14%). Neste levantamento, 13% disseram que não votam em nenhum dos candidatos e 8% não sabem ou não responderam.

O Instituto Escutec entrevistou 400 pessoas entre os dias 4 e 6 de julho. O levantamento foi registrado na Justiça Eleitoral com o número MA 08718/2020. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de segurança é de 90%

Avante70 reúne pré-candidatos a vereador e ratifica apoio a Dr. Julinho

O presidente municipal do Avante, empresário Júnior Lago, reuniu na quinta-feira (09), os 32 pré-candidatos ao cargo de vereador de São José de Ribamar. Durante o encontro, que contou com as presenças do presidente municipal do PL, Júlio Filho e do presidente municipal do PL em São Luís, vereador Aldir Júnior, foi confirmado o total apoio ao projeto para eleger Dr. Julinho (PL), o próximo prefeito de São José de Ribamar.

Idealizado por Júnior Lago, o encontro foi promovido para orientar os filiados do Avante sobre o novo calendário eleitoral. “Dialogamos com as lideranças de todas as regiões de nossa cidade nos últimos dois anos, e desses diálogos, surgiram os nossos pré-candidatos. Lideranças novas, que querem mudança e representam esse sentimento em suas regiões. Hoje, oferecemos aos nossos filiados um encontro para tratarmos do nosso projeto, que será eleger Julinho em novembro, e das novas regras para a eleição 2020, apresentada pelo setor jurídico  e que mostra o zelo com os representantes de cada região que disputarão as eleições.” Destacou Júnior Lago.

Os participantes, que disputarão eleições pela primeira vez, revelando o perfil de renovação do partido, ouviram do advogado orientações sobre as principais regras no processo eleitoral e saíram do encontro mais preparados para a disputa que deve começar para valer, com propaganda eleitoral, após o dia 26 de setembro.

Prefeitura de Viana realiza mega carreata em comemoração aos 263 anos da cidade

Mesmo com a pandemia, a Prefeitura Municipal Municipal não deixou o aniversário de Viana passar em branco. Uma  carreata, substituindo as tradicionais modelos de comemorações, foi realizada na tarde desta quarta-feira, 08.

Devido a pandemia e o isolamento social, a caminhada foi trocada pelos veículos, respeitando todas as normas do Município e da OMS, relacionadas ao coronavírus.

A carreata iniciou sua concentração as 16h, na Avenida Jorge Abraão Duailibe, próximo ao restaurante popular.

No percurso, a carreata passou pelas principais ruas e pontos da cidade de Viana, como Professor Egídio Rocha, Rua Cel. Campelo, Praça da Matriz, Prefeitura e outros.
Puxados pelo Prefeito Magrado Barros e sua esposa Haydna Amorim e vereadores, as ruas foram preenchidas por carros e motos com bandeiras de amor por Viana.

A carreta foi finalizada na Avenida Luís de Almeida Couto, em frente a Câmara Municipal do município.

A população aderiu a carreata que fez alusão aos 263 anos do município, mostrando que aprovou o formato de comemoração e, mostrando o sentimento de amor que o vianense tem por sua terra.

“Manifesto aqui primeiramente o orgulho de ser cidadão vianense a qual por nada trocaria, onde contribuo com o meu trabalho para fazer desta cidade um lugar ainda melhor para se viver e ser feliz. Sinto imensurável orgulho de nossa cidade, de suas belezas, histórias incomparáveis e localização geográfica privilegiada.Viana é, acima de tudo, um lugar de gente de bem, acolhedora, amiga.Nossa amada Viana está em um processo de desenvolvimento contínuo. Sei que não sou o único a me orgulhar de morar aqui. Por isso, divido essa alegria com todos vocês que se sentem da mesma forma. Sei que todos os Viana, nascidos nessa terra ou aqueles que a adotaram como sua cidade, zelam por ela e a defendem”, finalizou o Prefeito Magrado Barros.

Neto Evangelista discute funcionamento de creches comunitárias durante reunião com procurador-geral de Justiça

O deputado estadual e pré-candidato a prefeito de São Luís, Neto Evangelista (DEM), na companhia do vereador Raimundo Penha (PDT), reuniu-se, nesta quinta-feira (9), com o procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Maranhão (MPMA), Eduardo Nicolau, para tratar da renovação do atestado de existência e regularidade de funcionamento das creches comunitárias no estado.

A reunião contou com a presença dos promotores de Justiça Joaquim de Sousa Júnior (diretor da Secretaria de Assuntos Institucionais), Karla Vieira (diretora da Escola Superior do Ministério Público) e Carlos Henrique (diretor da Secretaria de Planejamento e Gestão).

O atestado entregue pelo MPMA é o documento que comprova a aptidão das creches para receber recursos provenientes de convênios celebrados com prefeituras. Atualmente, por conta da pandemia do novo coronavírus, as vistorias estão suspensas e muitas creches comunitárias em São Luís, correm o risco de fechar.

“Por isso, viemos pedir a colaboração da Procuradoria Geral de Justiça, a fim de que possamos, durante o período da pandemia, adotar medidas que garantam a manutenção das atividades dessas instituições. Todas elas cumprem um papel importante no desenvolvimento das crianças e são necessárias para que as mães que deixam seus filhos pequenos na creche possam trabalhar”, justificou Evangelista.

O democrata relatou que, em São Luís, de acordo com o número de matrículas apurado pelo Censo Escolar 2018 do Inep, das 45 mil crianças matriculadas na rede pública e privada, pelo menos 17 mil estão em creches e destas, no caso específico de crianças de 0 a 3 anos, apenas 22% estão matriculadas na rede municipal. “Esses dados revelam o quão importante são as creches comunitárias para as crianças e suas famílias em São Luís”.

O vereador Raimundo Penha ressaltou que é legitimo o rigor no processo de vistoria feito pelo MPMA, que comprova a aptidão das creches para receber recursos provenientes de convênios. Mas sugeriu que sejam feitas vistorias virtuais. “Diante das circunstâncias, acredito que seja o mais viável a se fazer para garantir o retorno das atividades dessa rede de apoio. Essas entidades precisam conveniar agora para que, quando as aulas forem retomadas, as creches não estejam ainda correndo atrás de documentação e as crianças não fiquem sem estudar”, pontuou.

O procurador-geral de Justiça, Eduardo Nicolau, explicou que, devido à pandemia, as atividades no órgão estão sendo retomadas aos poucos, mas que, logo, se reunirá com as titulares das promotorias competentes para tratar da situação.

Na mesma perspectiva, o diretor da Secretaria de Assuntos Institucionais, promotor Joaquim de Sousa Junior, disse que o Ministério Público buscará uma solução para “assegurar um padrão de atuação que possibilite a entrega do atestado”.

Eleições 2020: Aliados de Eudes Sampaio em pleno desespero

Aliados do prefeito Eudes Sampaio (PTB), estão há pelo menos dois dias, visivelmente abalados com a notícia de que pela primeira vez, terão de enfrentar a força do médico e pré-candidato Dr. Julinho (PL), nas urnas.

Desde o momento em que ficaram sabendo da vitória do ex-prefeito, que obteve maioria dos votos no Tribunal de Contas do Estado, mantendo sua situação de elegibilidade, misteriosamente, aliados de Eudes Sampaio na imprensa de São Luís passaram a publicitar uma representação contra o Conselheiro Osmário Freire Guimarães.

Considera uma a anomalia, a representação no STJ – Superior Tribunal de Justiça, não tem nenhum efeito sobre a atual situação de Julinho, mas apenas, uma aberração jurídica e excesso no Judiciário.

Para desespero dos aliados de Eudes Sampaio, pela primeira vez na história, o município saberá de verdade quem tem voto nas urnas, sem o famoso tapetão com impugnação de registro de candidaturas como já foi no passado.

Mas como tem gente que é seguidor da teoria de Vampeta (não conhece? relembre aqui), nas redes sociais, a irmã do líder do Governo Eudes Sampaio na Câmara e outra penca de funcionários comissionados passaram a compartilhar a notícia plantada bem longe do povo de São José de Ribamar.

Pelo visto, bateu o desespero.

Republicanos vazio em 2021, essa seria a promessa

Última cartada do trio Republicano na busca pelo cobiçado PSL

Essa quinta-feira (09), foi marcada pela presença intenção de políticos maranhenses em Brasília. O motivo da movimentação seria a efetivação oficial do apoio do PSL nas eleições municipais em São Luís.

Segundo informações de bastidores, os deputados Duarte Júnior (Republicanos) e Fábio Macedo (Republicanos), acompanhados do vice-presidente Carlos Brandão (Republicanos) e do pré-candidato a prefeito de Timon, Coronel Schnneyder estiveram com representantes do PSL Nacional.

Como última cartada para conseguirem o apoio do partido em São Luís e consequentemente em Timon, a informação extraoficial é de que o grupo teria prometido uma espécie de esvaziamento coletivo do Republicanos no próximo ano.

A promessa, apesar de ótima para o PSL, pode soar como prejuízo para o Republicanos, que neste caso, seria usado apenas para tentar eleger os possíveis candidatos maranhenses na eleição municipal de 2020, além de dar um giro de 360 graus com a suposta filiação coletiva do grupo, incluindo o vice-governador Carlos Brandão, ao PSL.

Isso porque com a saída de Dino em 2022, provavelmente para disputar a Presidência da República, o Maranhão deixaria de ser comandado pelo PCdoB e passaria para as mãos do PSL,  partido que elegeu Bolsonaro em 2018.

Mesmo com todas essas vantagens na mesa, parece que o grupo saiu de lá com sentimento de derrota.

Pelo visto, a sexta-feira (10), vai ser pautada por outra vitória junto ao desejado PSL, mas isso é post para logo mais.

Mais um partido abandona o projeto de reeleição de Eudes Sampaio em São José de Ribamar

O prefeito Eudes Sampaio (PTB), não poderá contar com o apoio do PCdoB, partido que ajudou a eleger a chapa encabeçada por Luís Fernando na eleição de 2016 e que tinha como vice, o atual prefeito. O partido comunista confirmou nesta quarta-feira (09), que está fora do barco e apoiará o pré-candidato Jota Pinto (PDT).

Além da dura baixa, Eudes também não contará com o apoio de mais da metade dos partidos que fizeram parte da coligação em 2016.

Entre as principais desistências de apoio, estão os partidos PV, DEM, PSD, PTC, PRB, PSL, PMB, PMN, PEN e o PCdoB, que agora trabalharão para tirar Eudes Sampaio do comando da prefeitura ribamarense.

Covidão: Vereadores do PL querem saber o que Carlinhos Barros fez com cerca de R$ 1 milhão

Os vereadores do PL-22, maior bancada da Câmara Municipal de Vargem Grande, estão na cola do prefeito Carlinhos Barros e querem saber o que foi feito com aproximadamente R$ 1 milhão de reais recebidos do Governo Federal e que deveriam ser destinados exclusivamente no combate ao novo coronavírus.

No portal da transparência, há referências a pelo menos dez contratos, que juntos, somam mais de R$ 441 mil reais.

Dentre os valores descriminados nos contratos, chama a atenção a variação de preços dos Oxímetros de Pulso. Em um fornecedor, o equipamento saiu por R$ 801 reais. Já em outro, o produto custou R$ 2.610 reais, uma diferença de mais de 300%.

Também há informações para a aquisição  de mais de 2 mil comprimidos de hidroxicloroquina e outros 2 mil comprimidos do medicamento cloroquina.

Agora, o prefeito precisa dizer para onde mandou mais de meio milhão de saldo do recurso exclusivo para combate ao Covid-19 que não consta no Portal da Transparência.