Terceirizada do Hospital de Ribamar cobra mais de R$ 1,6 mi da gestão Eudes Sampaio e ameaça entrar em greve

Faltando menos de uma semana para deixar a prefeitura de São José de Ribamar, o prefeito Eudes Sampaio (PTB), segue acumulando cobranças de prestadores de serviços e conveniados.

Nesta segunda-feira (28), o blog Maramais tomou conhecido, com exclusividade, da cobrança feita pelo IADVH, organização responsável pela Gestão do Hospital e da Maternidade Municipal de São José de Ribamar.

De acordo com o documento, a gestão Eudes Sampaio deve cerca de R$ 1.678.431,92 ao prestador de serviço.

Temendo calote, já que falta menos de uma semana para o fim do mandato do prefeito, e com receito de greve dos funcionários, o Instituto, através do oficio, pediu pelo menos o pagamento do décimo terceiro dos funcionários e dos salários dos profissionais.

Pelo visto, Eudes Sampaio deve deixar o governo municipal com a imagem arranhada até para as empresas prestadoras de serviço.

Confira o documento aqui.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *