Ministério Público investiga possíveis irregularidades em licitação de mais de R$ 3 milhões em São José de Ribamar

A Promotora de Justiça Bianka Sekeff Sallem Rocha, da Promotoria de São José de Ribamar, determinou nesta segunda-feira (30), abertura de Procedimento Preparatório de Inquérito Civil Público, com o objetivo de apurar possíveis irregularidades no processo licitatório que resultou em contrato de mais de R$ 3 milhões.

De acordo com o documento do Ministério Público, a Prefeitura Municipal e a empresa CCG Construções e Terraplanagem LTDA, terão prazo para apresentar documentos sobre a contratação direta e situação das obras.

O blog Maramais denunciou a estranha dispensa de licitação na fase de pré-campanha do então prefeito Eudes Sampaio (PTB), derrotado no último dia 15.

Dias antes, uma outra denúncia do blog revelou que Máquinas com identificação da prefeitura estavam sendo usadas em obra privada em condomínio particular no Araçagy.

Agora, a gestão do prefeito Eudes Sampaio terá que explicar muita coisa para o Ministério Público e para a Justiça.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *