Após derrota de Eudes Sampaio, Secretários pedem exoneração

Secretários não esperaram o fim do mandato de Eudes e já iniciaram saída dos cargos

Vendo que o barco afundou em São José de Ribamar, a primeira secretaria a ficar à deriva, sem nenhum comando, foi a da Juventude.

Um dia após a histórica derrota de Eudes Sampaio (PTB), primeiro prefeito do município a não conseguir a reeleição, o secretário de Juventude, Thiago Prado e o secretário adjunto Gleiton Marques, que tinham salários de R$ 12 mil e R$ 5.900 respectivamente, pediram exoneração dos cargos.

Os pedidos foram publicados no diário oficial e pode ser conferido aqui.

Nas três edições publicadas logo após a eleição (veja aqui, aqui e aqui), o que não falta é pedido de exonerações, ou como chamam por aí, a famosa pulada da canoa furada.

 

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *