Auditoria ou panfleto político?

Desde a semana passada, um blogueiro sarneysista/bolsonarista insiste com matérias sobre supostos problemas em compras de respiradores por parte do governo do Maranhão.

Para isso requenta assunto que já foi explicado dezenas de vezes e que está em julgamento no Poder Judiciário da Bahia, onde se situa o Consórcio Nordeste, que realmente foi o responsável por compras que não foram entregues.

Para sustentar as matérias, o repórter sarneysista/bolsonarista usa um suposto relatório de uma auditora chamada Aline Garreto, do Tribunal de Contas do Estado. Tal relatório nunca foi julgado e, portanto, não prova rigorosamente nada.

Agora, vejam o tipo de postagem que a tal auditora Aline Garreto faz em suas redes sociais e tirem suas conclusões:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *