Prefeito Carlinhos Barros é obrigado a provar que não é analfabeto

Uma situação no mínimo constrangedora para o prefeito do município de Vargem Grande, o Carlinhos Barros (PCdoB), candidato a reeleição.

Após ser intimado pela Justiça Eleitoral para provar em três dias que sabe ler e escrever, sob pena de indeferimento de seu pedido de registro de candidatura, Carlinhos Barros compareceu ao Cartório Eleitoral, e na presença de uma funcionária da Justiça Eleitoral, escreveu de próprio punho, declaração garantindo que não é analfabeto.

“Declaro que não sou analfabeto, pois sei ler e escrever.” Disse. – confira a declaração aqui.

O documento é de 15 de outubro, e foi obrigatório após negativa de outra declaração que o CB havia entregue anteriormente, afirmando ter concluído o ensino fundamental na escola Hemetério Leitão. A assinatura da declaração, no entanto, é diferente do documento de identidade, motivo que pode ter levado o Juiz a requerer a presença do prefeito, para escrever na presença de uma servidora.

Leia também: Carlinhos Barros e Thiago Braz são denunciados por suspeita de esquema com dinheiro da Educação

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *