A estranha margem de erro da pesquisa Exata/Timon que beneficia Schnneyder

Um detalhe chamou a atenção do editor do blog Maramais na pesquisa do Instituto Exata divulgada em Timon.

De acordo com os números do cenário estimulado, o Comandante Schnneyder aparece com 27%, seguido da professora Socorro com 23% e Dinair Veloso com 22%.

Pela margem de erro, de apenas 2,82%, inédita no Instituto, apesar do resultado ser de apenas duas casas, excluindo os números após a vírgula, não há o que se falar em empate técnico, mas sim em embolada eleitoral.

No entanto, o blog fez uma busca nas últimas pesquisas eleitorais realizadas pelo Instituto Exata e verificou que as margens de erros são sempre iguais ou superiores a 4%.

Foi assim em Brejo 4%, São Bento 4%, Vargem Grande 4%, Paço do Lumiar 4%, Esperantinópolis 4,5%,  entre outros.

Se a mesma margem tivesse sido aplicada em Timon, era correto afirmar  que os três principais candidatos seguem tecnicamente empatados.

Também consultamos todos os institutos que aplicaram pesquisas em Timon na eleição de 2020, e todos também usaram a margem de erro igual ou superior a 4 pontos.

Foi assim com o Qualitativa Instituto de Opinião Pública 4,9%; Data M3  4%;

Instituto Piauiense de Opinião Pública 4,8%; Data Max  4,1%; Econométrica  4,3% e Escutec – 4%.

Mas em Timon, sabe-se lá por qual motivo, a margem de erro foi de apenas 2,82%.

Feito as devidas observações, ainda de acordo com a pesquisa, Jaconias Morais aparece 8%, professora Fafá e Erivaldo Lima  não pontuaram. A decisão sobre o candidato do PSOL está sob disputa judicial, por isso constam dois nomes de candidatos do partido na pesquisa.

Os eleitores que declararam votar em branco, nulo ou não votar em nenhum dos candidatos somam 9% e os que não souberam ou não responderam 11%.

A Exata Pesquisa de Opinião Pública ouviu 1002 eleitores de Timon, das zonas urbana e rural do município, entre dos dias 28 de setembro e 01º de outubro de 2020. O levantamento possui margem de erro de 2,82 pontos percentuais, para mais ou para menos, e o intervalo de confiança é de 95%. A pesquisa foi registrada no TSE com o número MA 05502/2020.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *