Ministério Público impugna candidata do Solidariedade Ribamarense por condenação no  Art. 171

A Promotora Bianka Sekeff Sallem Rocha, deu entrada no pedido de impugnação do registro de candidatura de Aure Meire Veras Carvalho, uma das somente 12 candidatos que o partido lançou.

Nos fatos que embasam a ação, a promotora relata sobre uma condenação de um ano e quatro dias de reclusão, pena que teria sido substituída por restritiva de direitos, em crime tipificado no artigo 171, do código penal.

Caso Aurea Veras fique de fora da eleição, o Solidariedade, que corre o risco de eleger apenas um vereador, terá apenas 11 candidatos na disputa, o que deve complicar ainda mais a difícil situação do partido.

O blog Maramais já havia alertado para a situação em post intitulado Solidariedade montado para reeleger Professor Cristiano e Nádia Barbosa em São José de Ribamar, apontando para a possibilidade de duas vagas no partido.

Com a eventual queda de Áurea, o blog acredita que o partido fará apenas um vereador.

Confira a ação de impugnação aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *