Empresa alvo de operação da Polícia Federal venceu licitação de R$ 2,1 milhões em São José de Ribamar

A empresa JJ da Silva & Santos, localizada na Avenida 13 do Maiobão e investigada em operação da Polícia Federal deflagrada nesta quarta-feira (05), e que cumpriu mandados de busca e apreensão e de prisão em vários municípios, entre eles, São José de Ribamar, pode gerar uma verdadeira crise na gestão do prefeito Eudes Sampaio (PTB),

Principal alvo da operação Falsa Esperança, que investiga possível fraude com recursos do Covid-19, a empresa mantém elo com a gestão do prefeito ribamarense.

Vencedora de uma licitação de R$ 2,1 milhões para locação de veículos, o editor do blog chegou a comparecer no local onde deveria funcionar a empresa, no então, apenas uma pequena portinha dava sinal do funcionamento de uma empresa em condições precárias.

No local, um funcionário desconhece o serviço de locação de veículos, e disse que lá, trabalha apenas com ar-condicionado e energia solar.

A empresa foi o pivô da operação que envolveu 50 agentes da Polícia Federal, e poderá voltar a ser noticia nacional.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *