Eleições 2020: Os 13 novatos que devem sair vitoriosos na disputa pelas 21 cadeiras da Câmara de Vereadores de São José de Ribamar

A eleição de 2020 vai marcar a nova legislação eleitoral na disputa pelo legislativo municipal. Pela primeira vez, os partidos e seus candidatos vão mostrar sua força real, sem a desculpa de que foram prejudicados por coligação imposta por candidato da disputa majoritária.

Agora, cada partido deverá fazer seu quociente eleitoral e consequentemente, eleger o candidato que tiver obtido mais votos.

Na prática, os partidos devem sair mais fortalecidos, já que não contará com o “dedo” mágico dos partidos menores usados como combustível pelos partidos maiores.

O blog tomou a iniciativa de fazer a primeira lista dos 13 prováveis “novatos” cogitados como os mais fortes.

Como todos ainda são apenas pré-candidatos, usamos como base para a construção da lista, a articulação nas comunidades, as estratégias usadas pelos partidos e seus líderes, e o óbvio, conhecimento da política ribamarense.

Antes de apresentar a lista dos prováveis novatos na legislatura 2021/2024, relembramos que a lista não se trata de pesquisa, não tem valor cientifico e pode ser mudada após as convenções e registros de candidaturas, quando saberemos de fato, quantos candidatos cada partido lançarão, e consequentemente, o potencial de cada sigla.

O blog acredita que nesta eleição, nenhum partido elegerá três candidatos e que o quociente eleitoral ficará entre 3,5 e 4 mil votos.

Vamos a lista.

A novata com maior votação deve ser a pré-candidata Chrystiane Dourado. Filha da ex-prefeita Das Neves e do ex-vice-prefeito e ex-presidente da Câmara Ribamar Dourado, Chrystiane obteve quase 1500 votos. Este ano, deve voltar a disputar pelo PL, mesmo partido que disputou em 2016, quando ficou na segunda suplência.

O segundo novato mais bem votado deve ser o pré-candidato Dudu Diniz. Primeiro suplente na eleição de 2016 com também, quase 1500 votos, Dudu tem se movimentado bem.

O terceiro mais bem votado deve ser Cícero da Matinha. De tanto bater na trave, o homem vem forte.

O quarto novato mais bem votado deve ser Divalmir Cutrim. Da região semi-urbana, Divalmir deve ser eleito e ainda jogar uma pá de cal em um ex-vereador de seu bairro.

O quinto mais bem votado deve ser Roberto Boleiro. Com a força do povo, o homem teve mais de mil votos em 2016 e agora promete vir com mais força, pelo menos é o que se ouve falar para as bandas do São Benedito.

Os outros oito novatos a integrar a lista dos 13, revela o que já se espera para essa eleição. Muita gente deve chegar a Câmara de Vereadores com menos de mil votos.

Nessa lista, deve estar o nome do ex-secretário de Comunicação, Matias Marinho, que conta com o apoio do ex-prefeito Luís Fernando; o desportista Prado Carioca, o blogueiro Jamys Gualhardo; a liderança Filho da Maiobinha, da advogada Luciana Lauande; Guri dos Pescados, Ramon Ribamarense e Jordão Reis.

Na próxima semana publicaremos a lista dos atuais vereadores que devem ficar pelo caminho, segundo nossa análise.

Se você não apareceu nessa primeira lista, não se preocupe. Após os registros das devidas candidaturas, voltaremos a fazer a mesma análise.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *