Com aulas suspensas, empresa fatura licitação de R$ 448 mil reais para gerenciar pré-vestibular em Ribamar

Empresa de Marinaldo Sampaio fatura ganha licitação de quase meio milhão de reais na gestão do prefeito Eudes Sampaio

Em plena pandemia causada pelo novo coronavírus e com aulas suspensas sem previsão para retornar, a prefeitura de São José de Ribamar realizou, no início do mês de maio, uma licitação de quase meio milhão de reais tendo a empresa M. Sampaio dos Santos, o Instituto Intelectus, vencedor, para gerenciar o Curso Pré-Vestibular Municipal.

Com o novo contrato de R$ 448 mil reais, o Instituto Intelectus, de propriedade de Marinaldo Sampaio vai acumular mais de R$ 1,5 milhão em contratos desde o inicio da gestão do ex-prefeito Luís Fernando até o atual prefeito Eudes Sampaio.

Marinaldo Sampaio já faturou mais de R$ 1,5 milhões em São José de Ribamar

No ano passado, a empresa faturou R$ 364 mil reais com gerenciamento do Cursinho, R$ 5 mil a menos do que o valor de 2018. Em 2017, a empresa faturou R$ 327 mil reais.

Recentemente, as inscrições para o Curso Pré-Vestibular foram adiadas em decorrência da pandemia, e o Enem ainda não tem data para acontecer.

O negócio com a prefeitura de São José de Ribamar parece ser uma mina de ouro para o Curso Intelectus.

No perfil do facebook, o Instituto de Marinaldo Sampaio oferecia matrícula para os interessados em um curso preparatório por apenas R$ 150 reais. Já para a prefeitura de Ribamar, cada aluno custará quase R$ 500 reais por mês.

O cálculo foi feito baseado no contrato de R$ 448 mil reais, assinado no inicio de maio, e dividido por seis meses de aula para 160 alunos, que é o número de vagas oferecidas no edital deste ano.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *