Eudes Sampaio usa comissionados para pressionar vereadores por empréstimo milionário

O prefeito de São José de Ribamar tem recorrido aos servidores comissionados para tentar enganar parte da população ribamarense a respeito de uma suposta convocação para votar medidas contra o coronavírus.

Em grupos de whatsapp, servidores comissionados, entre eles, o assessor de comunicação do prefeito, todos pagos com dinheiro do contribuinte ribamarense, passam o dia inteiro disparando ataques contra os vereadores e tentando passar a ideia de que a Câmara não deseja votar nenhuma medida contra o Covid-19. Pura mentira.

Esperto, o prefeito Eudes Sampaio encaminhou à Câmara, quatro matérias, sendo uma delas, o empréstimo de R$ 20 milhões, que é visto pelo prefeito como a única forma de garantir sua reeleição, prometendo levar obras para os quatro cantos da cidade em pleno período de pré-campanha.

Com a negativa do Poder Legislativo em se reunir para apreciar endividamento do município em período de crise, servidores comissionados do setor de Comunicação da prefeitura tem bombardeado o principal adversário de Eudes nas urnas.

Se Eudes Sampaio, que recebeu quase meio milhão de reais para investir exclusivamente no combate do coronavírus, tivesse realmente preocupado com ações para conter o Covid-19, enviaria à Câmara de Vereadores, matérias restritas a pandemia.

Enquanto Eudes só pensa em empréstimo, Ribamar vê o número de infectados crescer, chegando a assustadores 21 casos nesta quarta-feira.

Uma vergonha prefeito!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *