Eudes Sampaio usa Guarda Municipal e PM para fechar comércio de São José de Ribamar

O prefeito de São José de Ribamar, Eudes Sampaio (PTB), tem recorrido a força da Guarda Municipal e da Policia Militar para garantir o fechamento de estabelecimentos comerciais que estão funcionando no município.

Nesta sexta-feira (03), uma ação conjunta determinou o imediato do fechamento dos estabelecimentos de serviços não essenciais no Conjunto Habitacional Turiuba. Os comerciantes que insistirem em desobedecer a ordem poderão ser presos.

A ação também se repetiu nos bairros do Cohatrac V e região do Parque Vitória.

Na quarta-feira (1º) a ação fechou diversos comercio na região do Residencial Nova Terra, um dos maiores do município.

A operação visa garantir o cumprimento do decreto estadual que determinou o fechamento de estabelecimentos não essenciais.

Trabalhadores reclamam de falta de assistência da Prefeitura

Pequenos comerciantes informais e trabalhadores autônomos tem se queixado do Poder Público Municipal. De acordo com as denúncias, até o momento a Prefeitura não anunciou nenhuma medida para amenizar a crise econômica que está afetando esses trabalhadores no município, em decorrência da pandemia.

Em outras cidades, prefeitos tem determinado auxilio financeiro e de alimentos aos trabalhadores informais, principais afetados com a crise.

Esta semana, motoristas de carrinho lotação queixaram-se da queda na receita.

Coronavírus confirmado em Ribamar

Na noite desta sexta-feira (03), Boletim divulgado pela SES – Secretaria de Estado da Saúde e pela Secretaria Municipal de Saúde confirmaram os dois primeiros casos de Covid-19 no município. Ainda de acordo com o informativo, o município também tem outros 26 pacientes aguardando os resultados dos exames.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *