Contra os professores, vereador Professor Cristiano deixa sessão durante aprovação de “abono negativo”

Durante a sessão desta quinta-feira (19), que aprovou o abono salarial criado pelo prefeito Eudes Sampaio para não pagar o retroativo de 47,67%, o vereador Professor Cristiano, líder do governo na Câmara, deixou a sessão, após ver vários colegas de Sala de Aula cobrando uma posição do parlamentar.

Cristiano alegou que não estava se sentindo bem, após uma queda de pressão e por isso teria deixado o plenário. Na galeria professores gritaram “Contra professor! Cristiano é um ator!””, sugerindo que o problema de saúde era uma farsa para fugir dos professores.

Professor concursado do município, o vereador optou por ficar do lado do prefeito Eudes Sampaio, no que está sendo considerado pelos professores como golpe de final do ano.

Em apenas duas semanas, é a segunda vez que o vereador se envolve em polêmica. No inicio da semana, a lambança foi com os representantes dos Carrinhos Lotação.

Relembre: Professor Cristiano manda “engavetar” projeto de Regulamentação dos Carrinhos Lotação

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *