“Esmagados” por Flávio Dino marcam presença em ato de Eduardo Braide

A presença de dois ex-candidatos derrotados na eleição de 2018, pelo grupo do governador Flávio Dino (PCdoB), chamou atenção na última sexta-feira (29), durante ato de filiação do deputado federal Eduardo Braide ao Podemos.

Estavam por lá, os tucanos Zé Reinaldo Tavares e Roberto Rocha, que foram praticamente esmagados nas urnas, quando saíram humilhados, em sexto lugar com pouco mais de 3% na disputa pelo Senado, e em quarto lugar, com pouco mais de 2% na disputa pelo Governo, respectivamente.

Agora, os dois tentam voltar ao Poder, pelo Podemos, na onda de Braide, que em todas as pesquisas aparece em primeiro lugar na disputa pela prefeitura da capital, que pode ser um trampolim para o Governo do Estado, em 2022,

Para isso, o PSDB  terá que rifar o pré-candidato a prefeito Wellington do Curso (PSDB), que aparece em segundo lugar, de acordo com as últimas pesquisas, e que segue reafirmando que será candidato.

Nos bastidores, é cada vez mais forte a informação de que Roberto Rocha estaria forçando um namoro entre o PSDB e o Podemos, para emplacar o filho Rocha Júnior como vice, na chapa de Braide.

No sábado (30), a convite de Rocha, Braide esteve no evento do PSDB, o que reforçou ainda mais os rumores de traição a Wellington.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.