Bomba: Polícia Federal investiga existência de “esquema de alunos fantasmas” em São José de Ribamar

O caso foi denunciado pela reportagem do Fantástico, no domingo (03), que revelou a existência de uma lista de 137 municípios que estão sendo investigados, suspeitos de fraudar o Censo Escolar 2018 para a obtenção de mais dinheiro nas contas do município.

Na manhã desta terça-feira (05), o jornalista John Cutrim publicou com exclusividade a lista das 137 prefeituras que estão sob investigação federal.

Dentre a os municípios suspeitos de fraudar o Fundeb, está a prefeitura de São José de Ribamar, que na época era comandada pelo ex-prefeito Luís Fernando Moura da Silva (sem partido).

Segundo dados oficiais do Banco do Brasil, em 2017, só para Educação, São José de Ribamar recebeu aproximadamente R$ 90 milhões.

Em 2018 esse valor superou a marca dos R$ 100 milhões de reais.

De acordo com a reportagem do Fantástico que mostrou o caso de duas prefeituras do interior e revelou a existência de uma lista de 137 prefeituras, as investigações, apontam que o golpe seria aplicado de duas maneiras: numa delas, os dados de pessoas reais são usados clandestinamente, inclusive com alguns alunos já falecidos. Outra fraude é a criação de alunos fantasmas.

Clique aqui para ver a reportagem apresentada pelo Fantástico e aqui para ver a lista dos 137 municípios que estão sendo investigados pela Policia Federal.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *