Filha do prefeito Eudes Sampaio e Secretária de Educação podem ter sido candidatas laranjas do MDB

Naquele ano, de acordo com dados oficiais do site Meu Congresso Nacional, o partido da filha do prefeito recebeu mais de R$ 616 milhões em doações de empresas como a JBS, Odebrecht, Construtora OAS, Andrade Gutierrez, Cervejaria Petropolis, dentre outras.

A filha do prefeito de São José de Ribamar, Eudes Sampaio (PTB) pode ter sido usada como candidata laranja para preencher o número de vagas por gênero, na eleição de 2014, quando Eudes ainda pertencia ao grupo da ex-governadora Roseana Sarney (MDB).

De acordo com documentos oficiais obtidos pelo blog Maramais, Camila Rodrigues Sampaio Nunes, na época funcionária comissionada do Governo do Estado, fruto de indicação do então secretário de Infraestrutura Luis Fernando, foi registrada como candidata a deputada estadual, para maquiar a exigência legal, obtendo míseros 13 votos.

Outra figura carimbada que aparece como suposta candidata laranja é a atual Secretária de Educação, Joana Marques, que na época também era Assessora do Governo Roseana.

Na disputa para ser Deputada Estadual do Maranhão, Joana se candidatou apenas como o nome Marques obteve apenas 2 votos, o que leva a concluir tratar-se de possível candidatura laranja, assim como a filha do atual prefeito de Ribamar.

O MDB, partido de Camila e Joana recebeu naquela eleição, mais de R$ 616 milhões em doações, a maioria fruto e empresas que ficariam conhecidas na Operação Lava Jato.

Em 2015 os membros do TRE-MA reprovaram por unanimidade as contas da filha do prefeito Eudes Sampaio, e alegaram, entre os motivos, ausência de extratos bancários. (veja aqui )

Recentemente o TSE decidiu que candidaturas laranjas levam a cassação integral da chapa envolvida. ( reveja )

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *