Sujou! Eudes Sampaio quer torrar R$ 720 mil para colocar nome de contribuintes no SPC

O objetivo do prefeito é gastar R$ 60 mil por mês para negativar, ou como dizem no popular, “sujar” o nome dos contribuintes que estejam em débito com a prefeitura. Ao todo, a prefeitura já assinou três contratos, totalizando mais de R$ 2 milhões com o mesmo objetivo

A prefeitura de São José de Ribamar renovou pela terceira vez, o contrato de R$ 720 mil reais com a Câmara dos Dirigentes Lojistas de São Luís. O objetivo do prefeito Eudes Sampaio, é negativar o CPF de pelo menos 20 mil contribuintes ribamarenses por mês, segundo a previsão contratual de R$ 60 mil todos os meses, durante o período de um ano.

O Contrato foi assinado no início do mês e publicado no Diário Oficial do dia 11 de setembro. ( veja aqui ).

Em 2017, a prefeitura já havia contratado a mesma entidade para realizar esse tipo de serviço pela bagatela de R$ 720 mil reais ( veja a publicação aqui), e em 2018, o contrato foi renovado por mais 12 meses, pelo mesmo valor (veja aqui).

Ao todo, os três contratos juntos somam a inacreditável quantia de R$ 2 milhões, 160 mil reais. Tudo isso com o único objetivo de negativar o nome de contribuintes que deixarem de pagar seus impostos no município.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *