Osvaldo Brandão lança pré-candidatura a prefeito e é o 10º vereador querendo derrotar Luís Fernando.

O vereador Osvaldo Brandão (MDB), é o décimo parlamentar a declarar o desejo de derrubar o prefeito Luís Fernando (PRB), caso o gestor não abandone o barco nos próximos dias e venha para a reeleição no ano que vem. Osvaldo lançou seu nome como pré-candidato a prefeito de São José de Ribamar nesta quinta-feira, 21, durante Sessão da Câmara.

Diferente do colega vereador Nonato Lima (PDT), que reúne nove parlamentares em torno do projeto de chegar a prefeitura, Osvaldo não tem apoio de nenhum colega de parlamento, mas justifica que o povo estará com ele.

Declarando-se a verdadeira renovação ribamarense, Osvaldo ainda enfrenta problemas partidários, pois foi eleito pelo MDB que até o momento está no controle do ex-prefeito Dr. Julinho, que também garante que será candidato.

Sobre a questão partidária, o parlamentar adiantou que irá procurar outra legenda para viabilizar sua candidatura, e revelou também que o próprio Julinho deixará o MDB.

Filho de uma dona de casa e de um Policial Militar, Osvaldo é ribamarense nato, e defende que o povo ribamarense necessita urgentemente do resgate de todos os seguimentos, completamente abandonado pela gestão do prefeito Luís Fernando, segundo o parlamentar.

Osvaldo trabalhou como vigilante durante um bom tempo, depois coordenou as equipes de segurança dos eventos ribamarenses por dez anos, entre eles, Carnaval, Lava-pratos, São João e Lava-bois, por isso defende a geração de emprego.

Em 2016 candidatou-se pela primeira vez ao cargo de vereador pela coligação do ex-prefeito Julinho. Foi o único vereador eleito pelo partido.

Hoje, além do cargo de vereador, Osvaldo é empresário do Grupo Brantex de Vigilância Privada.

Com o anúncio de sua pré-candidatura, São José de Ribamar passa a ter quase uma dúzia de pré-candidatos.

São eles: Luís Fernando, Nonato Lima, Edson Júnior, Jota Pinto, Dr. Julinho, Manu, Mendes, Jamys Gualhardo, Colaço, e agora  Osvaldo Brandão.

Fora da disputa está o ex-prefeito Gil Cutrim (PDT), eleito deputado federal no pleito de 2018.

Também não constam na lista de pré-candidatos oficiais o ex-deputado Edmar Cutrim, que recentemente teve seu nome especulado pela mídia, mas evita falar sobre o assunto, e o deputado federal Bira do Pindaré (PSB), que pode ser o candidato do Governo Estadual caso Luís Fernando aceite o convite de ser secretário de Estado.

E ainda, caso Luís Fernando renuncie ao cargo de prefeito e o apático vice-prefeito Eudes Sampaio não decole, o que já é esperado, vários nomes podem ser testados como candidato do prefeito, entre eles, o sobrinho Rodrigo Valente, o secretário de saúde Thiago Fernandes ou o professor Torreão, diretor do IFMA.

Pelo visto, Luís Fernando terá tudo que ele não gosta: disputa de verdade.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *