Vídeo: Professores vão às ruas em protesto contra governo Luís Fernando.

O prefeito Luís Fernando Moura da Silva (PSDB) enfrentou nesta quinta-feira, 10, mais um dia de pressão. Centenas de professores foram para a porta da Secretaria de Educação cobrar o reajuste de 6,81% que deveria ter sido concedido em janeiro deste ano. Em protesto, os professores percorreram as ruas do centro da cidade, até a prefeitura municipal, mas não foram atendidos pelo prefeito.

A atitude do Sindicato e dos professores, visa evitar prejuízos, como aconteceu no ano passado, quando Luís Fernando enrolou a categoria até o mês de agosto, causando prejuízos equivalentes a quase 50% de um salário da categoria.

Nenhum secretário da prefeitura recebeu os professores, que cobram outros direitos que não estão sendo cumpridos pelo prefeito, entre eles, promoções, progressões, difícil acesso, entre outras exigências.

No ano passado, professores ficaram esperando o 14ª salário prometido por Luís Fernando durante o período eleitoral, mas ficou apenas na promessa.

Os professores também cobram mais segurança nas escolas do município. No último final de semana, uma Creche que funcionava no Turiúba foi incendiada criminosamente.

Já na Escola Lêda Tjra, que funciona no bairro São Raimundo bandidos invadiram o prédio durante o dia, e fizeram um raspa nos professores, funcionários e alunos. “Foi um dia de terror! Depois desse dia, vivemos em pânico, porque a qualquer momento isso pode se repetir.” alertou uma professora.

Leia também: Enganados por Luís Fernando, professores anunciam greve em São José de Ribamar

Veja o vídeo:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *