Após município aparecer em ranking de violência da Unesco, secretário de segurança de São José de Ribamar pede exoneração.

Em sua passagem brilhante pelo comando do 13º BPM

Com a divulgação da Unesco, nesta segunda-feira, 11, que apontou o município de São José de Ribamar, como uma das três cidades brasileiras onde os jovens estão mais vulneráveis à violência, o secretário de segurança do município, Coronel Araújo, pediu exoneração do cargo.

Coronel Araújo chegou ao cargo de secretário após ter uma brilhante passagem como comandante do 13º Batalhão da Policia Militar, onde foi destaque pelo enfrentamento ao tráfico de drogas em 2013.

Sem grande autonomia na pasta, Araújo deixa o cargo em meio a uma crise política enfrentada pelo prefeito Luís Fernando em decorrência de diversas denúncias de irregularidades, que tem refletido na queda de popularidade do prefeito.

O presidente do Sindicato dos Guardas Municipais, Mauro Correa, destacou que durante o ano inteiro vem denunciando o descaso como a segurança e o transporte municipal vem sendo tratado no município.

“Perseguição à Guardas, a Proprietários de Trailers, teve o caso da proibição de estacionamento na avenida principal. O secretário por diversas vezes veio trabalhar de farda da PM, demonstrando outra irregularidade, já que acumula cargo no Estado e no Município, ao mesmo tempo que a prefeitura perseguiu guardas em situação igual, fazendo com que o prefeito Luís Fernando exonerasse dezenas de pais de famílias. O Posto de Salva-Vidas está completamente abandonado desde o início da gestão, anunciando uma tragédia a qualquer momento. Falta de fiscalização no trânsito da praia do Araçagy, e por último, o acumulo de carros na rua da secretaria, criando esconderijos para meliantes, precederam o pedido de exoneração.” Destacou o presidente do Sindicato.

No município, Coronel Araújo sempre foi tido como um oficial de bom trato com a população, e alguns vereadores acreditam que o pedido de exoneração foi o ato mais prudente para o secretário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *