Luis Fernando vai gastar quase R$ 7 milhões pra aumentar arrecadação do IPTU.

Com registro fotográfico aéreo, prefeitura pretende identificar novas construções e atualizar a área construída de cada imóvel ribamarense, o que resultará no aumento do valor cobrado no IPTU.

Com o objetivo de aumentar a arrecadação do IPTU em São José de Ribamar, o prefeito Luís Fernando Moura da Silva vai gastar R$ 6 milhões, 974 mil reais com a contratação de empresa especializada em elaboração da base Cartográfica digital, por meio de aerofotogrametria, atualização do cadastro imobiliário, planta genérica de valores de terrenos e construções.

As empresas vencedoras da licitação são Senografia Desenvolvimento e Soluções Eirelli, Aerocarta S.A e TecGeo, que juntas, formaram o consórcio Geo Potiguaras.

Com o levantamento aéreo, a prefeitura atualizará a base de calculo do  IPTU, que é baseado na área construída. Dessa forma, toda nova construção, por menor que seja, irá implicar no aumento do valor cobrado.

Luís Fernando não tem economizado recursos para cobrar mais impostos dos ribamarenses.

Em agosto, o prefeito contratou, por R$ 1 milhão, 440 mil, a empresa SPC/Serasa. Segundo o contrato, a previsão era colocar cerca de 20 mil ribamarenses no cadastro negativo todo mês.

Relembre____________________________Aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *