Bomba! Prefeitura de Ribamar vai pagar mais de R$ 5 milhões para Comserv; empresa que ficou no lugar da Coopmar.

Exclusivo – O prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Moura da Silva (PSDB), logo que assumiu o comando do município, tratou logo de cancelar o contrato com a Coopmar, terceirizada que prestava serviços ao município. No lugar da Cooperativa, foi contratada por R$ 1 milhão e 71 mil reais, com dispensa de licitação, a empresa Comserv, de propriedade da família Weba.

À época, o blog Ribamais publicou com exclusividade que a empresa estava na lista inidônea do Governo Federal

Em abril, usando o mesmo artifício, um novo contrato de R$ 1 milhão e 71 mil reais foi feito, com validade de mais 90 dias.

Agora, a Comserv vai faturar mais R$ 3 milhões e 308 mil reais, segundo três contratos publicados na edição do Diário Oficial de São José de Ribamar, publicada hoje,  totalizando o montante de R$ 5 milhões 451 mil reais.

Essa fortuna toda, segundo o objeto dos contratos, será para contratação de pessoal para executar serviços gerais e de motoristas, que atuarão em órgãos e escolas do município.

Tivemos acesso com exclusividade, a tabela com os valores pagos pela prefeitura à empresa Comserv,  detalhado por função, e, o valor é muito diferente do que o funcionário realmente recebe.

O prefeito prefere pagar mais de R$ 2 mil por funcionário contratado à empresa Comserv, do que abrir concurso publico e pagar esse mesmo valor ao servidor.

Pra se ter uma ideia, cada ASG – Auxiliar de Serviços Gerais, custa ao município, R$ 2.368,92, porém, segundo denuncia dos funcionários, eles recebem da empresa, apenas 1 salário mínimo, pouco mais de R$ 900 reais.

Serão 100 funcionários nessa situação, um grande negócio pro dono da empresa.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *