Gestor Regional de Educação de Itapecuru-Mirim responde ao blog.

Na manhã desta quarta-feira, 11, o Gestor Regional de Educação de Itapecuru, Alberto Júnior (PCdoB) entrou em contato com o blog Maramais para se manifestar a respeito da publicação da matéria Comunista derrotado em 2012 afasta Câmara de Itapecuru Mirim do projeto de reeleição de Flávio Dino.

O blog Maramais, primando pelo bom jornalismo, publica abaixo, na íntegra, matéria enviada pelo ex-candidato, como direito de resposta.

SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE ITAPECURU SAEM EM DEFESA DO GESTOR REGIONAL DE EDUCAÇÃO

Após matéria publicada na manhã desta terça-feira (10) sobre nota de repúdio assinada por alguns vereadores contra o gestor regional de educação de Itapecuru, servidores públicos municipais divulgaram uma moção de apoio ao professor Alberto Júnior. Assim que tomaram conhecimento da intenção política dos parlamentares itapecuruenses, os servidores aprovaram por unanimidade em assembleia geral realizada na sede do sindicato da categoria, manifestação de apoio pela defesa dos vários seguimentos da sociedade feita pelo gestor que também é jornalista.

Nas eleições de 2012 como candidato teve que abandonar a campanha a vereador para concluir o curso de mestrado na Europa e ainda assim teve 146 votos estando do outro lado do oceano Atlântico. Nas eleições de 2014 como candidato a deputado estadual foi o terceiro mais votado no município, ficando à frente do então vice-prefeito, Pastor Silvano. À frente da unidade regional de educação tem mostrado inovações como a criação do núcleo de prestação de contas, núcleo jurídico e está permanentemente em trabalho itinerante pelos 12 municípios que compõem a regional, tornando mais próximo o relacionamento com as escolas da rede estadual.

Nas redes sociais é fácil encontrar elogios e aplausos às ações realizadas pelo professor Alberto à frente da URE. Por este motivo, a manifestação de apoio é constante vinda dos profissionais da educação e o relacionamento com as prefeituras sempre foi no objetivo de ampliar e melhorar os serviços educacionais.

Usou a tribuna da câmara dia 19 de Junho para para colocar a unidade regional mais um vez à disposição do poder legislativo e executivo, mesma ação feita no início do ano de 2018 em sessão solene de abertura dos trabalhos legislativos como comprovam as gravações na página da câmara. Em seu programa diário na TV local, Itapecuru Verdade, como jornalista afastou-se desde o último dia 25 de Junho e só retornará após as eleições deste ano.

É estranha a insistência em tirar do cargo o gestor de educação, parece haver um outro motivo por trás desta atitude já que não há razões administrativas que fundamentem o pedido feito na nota de repúdio.

 

O seu endereço de e-mail não será publicado.