Duarte Júnior zomba da Justiça Eleitoral do Maranhão

O casal de advogados já é réu em ação, acusados de usarem o Procon para beneficiar Duarte Júnior na eleição de 2018 e Duarte tornou-se réu em nova ação, suspeito de Propaganda eleitoral antecipada

O pré-candidato a prefeito de São Luís, deputado estadual Duarte Júnior “zombou” da Justiça Eleitoral neste domingo de carnaval (23). Com a namorada vestindo uma camiseta com os dizeres, ”Jovem, Atuante, Presente, Duarte 2020”, os dois seguem fazendo pré-campanha, ou campanha antecipada conforme entendimento de alguns juristas.

Na semana passada, após pedido feito pelo Procurador Regional Eleitoral, Juraci Guimarães Júnior, para que O MPE – Ministério Público Eleitoral, apurasse possível prática de propaganda eleitoral antecipada e abuso de poder econômico e político do deputado estadual Duarte, a Promotora Moema Figueira Viana Pereira protocolou ação contra o Republicano, que tornou-se réu em mais uma ação.

Além desta, Duarte e sua namorada Karen Barros, que veste a camisa, são réus em outra ação na qual o MPE pede a cassação do mandato e a inelegibilidade dos dois por até 8 anos, suspeitos de usarem o Procon em beneficio de Duarte em 2018.

Na semana passada, o blog Maramais revelou diálogos e áudios que comprometem a situação do casal. (Relembre aqui, aqui, aqui, aquiaqui, aqui, e aqui também)

Mesmo diante da grave situação, parece que Duarte faz questão de desafiar a Justiça Eleitoral do Maranhão, e segue zombando de tudo com suas camisas azuis, distribuídas por aí  em duas versões, no Resgate o Amor Pela Ilha, e agora, com as camisas sem arrodeio, Duarte 2020.

O seu endereço de e-mail não será publicado.