Duarte Jr vai à TV justificar áudio homofóbico, piada de HIV, esporros em funcionários e outras graves acusações

Em clara crise e temendo um iminente esvaziamento ainda maior em sua pré-campanha, o deputado estadual Duarte Júnior (Republicanos), vai usar um tempo de televisão no programa Bom Dia Maranhão, transmitido pela TV Difusora, nesta segunda-feira (09), para tentar minimizar seu prejuízo político sofrido após revelações bombásticas envolvendo seu nome, da sua namorada e de sua equipe de assessores.

Contra o jovem pré-candidato a prefeito, que além de deputado, é advogado, professor universitário e ex-presidente do Procon, além de estar terminando um Doutorado, pesa gravíssimas acusações que revelam um outro lado do Duarte Júnior que poucos ludovicenses conheciam.

Supostos prints de diálogos nos quais Duarte é suspeito de liderar uma espécie de milícia virtual com perfis fakes administrados por seus assessores para atacar políticos e promover o jovem deputado começaram a ser revelados em meados do mês de fevereiro. Imediatamente, a assessoria do parlamentar emitiu nota afirmando se tratar de nítida montagem.

(O que viria ladeira abaixo após revelação do blog Atual7, sobre a ligação de um assessor de Duarte com perfil fake usado para atacar o deputado Wellington do Curso)

Logo em seguida, o blog Maramais iniciou uma série de revelações, desta vez em áudios com a suposta voz do próprio Duarte, em situações de claro assédio moral a servidores do Procon. Outro áudio aponta para um caso que pode ser classificados como homofobia em que Duarte dispara, “porra seu viado safado”, e muito, muito esporro em sua equipe de subordinados.

(O jornalista Gilberto Leda também revelou supostos prints em que a namorada do deputado, Karen Barros, pode ter cometido gordofobia contra um blogueiro)

Com as revelações dos áudios do deputado e de mais duas assessoras, confirmando a coordenação de perfis fakes para atacar adversários, o deputado recuou e adotou o silêncio como estratégia de defesa.

O blog seguiu revelando a tentativa de Duarte em censurar a imprensa maranhense e a ordem do parlamentar em processar uma emissora que deixou um ouvinte criticá-lo ao vivo. No áudio revelado, além do desejo de censura, Duarte explica o que quer, “Eu quero que entre com uma ação, pedindo que eu participe do programa pra falar bem de mim, claro, eu não sou doido, faz isso agora, urgente, eu tô puto aqui.” 

No início de março, o blog mostrou pela primeira vez, desta vez em vídeo, para que não restassem dúvidas, a faceta do deputado consumerista.

Na revelação, Duarte Júnior aparece ao lado de um ex-servidor do Procon e atual assessor tirando onda com um exame de HIV, e mostra o seu lado preconceituoso em uma piada de péssimo gosto. Com cerca de 100 mil seguidores nas redes, o vídeo do deputado dá a entender que o fato de uma pessoa ter Aids é motivo para não compartilhar o mesmo ambiente.

No vídeo, gravado pelo próprio jovem deputado e revelado pelo blog Maramais, Duarte tira onda com um tema muito sério. “Tu tem Aids, vou sair desse carro”, e joga um celular pra longe, demonstrando nojo de quem é portador do vírus.

A brincadeira de Duarte não caiu bem, principalmente por ser deputado do Estado que mantém o primeiro lugar no ranking de mortes por Aids.

Acoado com a péssima repercussão e reprovação social, o deputado foi obrigado a se retratar publicamente, reconheceu a veracidade do vídeo e admitiu a existência do grupo Os Vingadores, de onde estão sendo vazados parte dos áudios e prints que tem revelado a nova face de Duarte.

No dia seguinte a publicação do vídeo e da confirmação de autenticidade do conteúdo feito pelo próprio deputado, o blog Maramais revelou um novo áudio, desta vez de uma suposta advogada que acompanha o deputado desde o período que Duarte comandava o Procon.

Na revelação, a assessora jurídica diz que deixará Duarte fazer tudo errado na próxima campanha (campanha para prefeito).

Mesmo sem o blog ter citado o nome da advogada na reportagem, preservando sua identidade, a OAB emitiu nota de repúdio pela a revelação do conteúdo, o que acabou sendo visto como uma espécie de chancela de autenticidade do áudio que pode motivar pré-candidatos a não levar a legislação eleitoral a sério, já que para a advogada, “não dá em nada”.

Na última revelação, o  blog mostrou um suposto áudio no qual Duarte Júnior prevê que pode ser “desmascarado” ou como ele denomina, “se foder”, e desce esporro em servidores. Na gravação, Duarte diz que “não pode ter pena de ninguém, porque na hora que eu me foder, ninguém vai tá do meu lado, ninguém.” 

Amanhã, Duarte Júnior deverá usar e abusar das câmeras, da sua expertise em marketing e quem sabe, do vitimismo, para tentar sensibilizar os telespectadores do programa matinal da Difusora, que poderá protagonizar cenas de novela mexicana, com direito a choro ao vivo. Não perca!

O seu endereço de e-mail não será publicado.