Bomba! Líder do Governo na Câmara lança pré-candidato para derrotar Luís Fernando.

No primeiro dia de trabalhos na Câmara de Vereadores de São José de Ribamar, o clima é de articulação para derrotar o prefeito Luís Fernando em 2020, que atualmente sofre grande desgaste popular e uma onda de protestos em todas as regiões do município.

Os dois vereadores do Solidariedade – SD, foram os primeiros a se pronunciarem a respeito, do que eles chamam de G9, um grupo de nove vereadores que se uniram para lançar candidatura própria em 2020.

O líder do governo na Câmara, vereador Professor Cristiano foi a grande surpresa. Aliado de primeira hora do prefeito Luís Fernando, ainda tímido, não pensou duas vezes e declarou apoio ao vereador Nonato Lima (PDT). “Nosso candidato aqui da Câmara.” Defendeu o vereador.

Os vereadores Paulo Alencar, Jô Viana, Serra Alta e Moisés Gama também defenderam o nome de Nonato para derrotar Luís Fernando.

Compondo um grupo de nove vereadores, batizado de G9, os vereadores afirmaram que só aprovarão projetos do Executivo que sejam em beneficio do povo, deixando claro que daqui para frente o prefeito enfrentará grandes dificuldades em aprovar projetos impopulares.

O vereador Serra Alta usou a tribuna para cobrar do prefeito mais trabalho e menos desculpa. “Luis Fernando usa o discurso da reprovação do empréstimo irresponsável de R$ 60 milhões, que causaria endividamento ao município, para tudo. Esse dinheiro daria pra fazer tudo que ele não faz?” Questionou o parlamentar.

Sem apoio popular, com minoria na Câmara e com um líder de Governo disposto a trabalhar para sua derrota, o prefeito Luís Fernando fica em situação cada vez pior.

Eudes chama Luís Fernando pra conhecer educação no Ceará.

Após enfrentar uma onda de protestos motivados pelas péssimas condições da Educação no município, o cearense Eudes Sampaio, vice-prefeito, levou o prefeito para conhecer um pouco da Educação do Ceará. Luís Fernando só não sabe ainda que enquanto ele aprende um pouco sobre gestão voltada para educação, seu líder de governo declara apoio ao que poderá ser seu adversário nas urnas, em 2020.

 

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *