Festa em Timon pode ser o preâmbulo da indicação de Chico Leitoa como vice na chapa do Governador Flávio Dino

Milhares de pessoas lotaram o ginásio durante a festa que relembrou os 25 anos de uma vitória histórica, e deixou no ar, a expectativa de novos desafios.

Quem esteve neste sábado (30), em Timon, pode festejar os 25 anos da coligação “Arrastão da Vitória’, que deu à Chico Leitoa (PDT), a histórica vitória na disputa municipal de 1992, quando derrotou Napoleão Guimarães.  Mas além das lembranças, o que se viu durante todo o evento, foi um clima de novos desafios, remetendo para o pleito do próximo ano, o que justificou a presença de Carlos Lupi, presidente nacional do PDT.

Sem sombra de dúvidas, o PDT desponta hoje, como o segundo partido mais importante e influente no Estado, perdendo talvez, apenas para o PCdoB, do Governador Flávio Dino, e esse é um dos principais motivos para a sigla se animar com a possibilidade de indicar um nome para compor chapa junto com Dino, já que a coligação com o PSDB, do atual vice-governador Carlos Brandão, é algo praticamente impossível.

Chico Leitoa, com todos os méritos de um grande lider, deve ser o nome mais indicado, caso a dobradinha aconteça, e talvez, esse tenha sido o principal motivo da festa.

Chico Leitoa deve ser o nome indicado pelo PDT, caso a dobradinha se confirme.

O evento foi muito mais do que uma festa partidária, contou com a participação de milhares de simpatizantes de Leitoa, e de nomes importantes do cenário estadual, como os deputados federais Weverton Rocha (PDT), Rubens Jr. (PCdoB), e Zé Reinando (PSB). Também participaram da festa os deputados estaduais Bira do Pindaré (PSB) e Rafael Leitoa (PDT), além do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, do Prefeito de Timon.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *